Informação sobre pneumonia, causas, sintomas e tratamento da pneumonia hospitalar e adquirida na comunidade, com dicas para a sua cura.


Pneumonia da comunidade

A chamada "pneumonia da complicações" comunidade", que no fundo corresponde à pneumonia que vulgarmente conhecemos, pode atingir todas as idades, sendo as crianças e os idosos os mais afetados e aqueles em que as formas da patologia são mais graves.
É a doença mais frequente em países subdesenvolvidos, onde a mortalidade também é maior! Mas afinal o que é uma pneumonia?
Uma pneumonia consiste, essencialmente, numa inflamação do chamado parênquima pulmonar, que é a parte mais distal do pulmão, onde se dão as trocas gasosas, essenciais para a manutenção da vida; os alvéolos e os bronquíolos respiratórios, que se localizam nesse parênquima pulmonar, são preenchidos, no decurso da pneumonia, com um líquido resultante dessa inflamação, deixando assim de estar aptos para essas trocas gasosas e diminuindo a elasticidade do pulmão devido à consolidação das zonas do parênquima.
A pneumonia, tal como vulgarmente a conhecemos, tem uma causa infecciosa, bacteriana ou não, adquirida através da aspiração de bactérias que existem normalmente na parte superior da nasofaringe e que se tornam agressivas em determinadas condições; mas também podem surgir através de inalação de gotículas infectadas provenientes de outros doentes, como no caso das pneumonias virais.
Em casos menos frequentes, a pneumonia surge após a inalação de gotículas infectadas a partir do meio ambiente ou de partículas infectadas com origem em animais.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL