Informação sobre pneumonia, causas, sintomas e tratamento da pneumonia hospitalar e adquirida na comunidade, com dicas para a sua cura.


Pneumonia e a necessidade de novos estudos

A fim de dar o próximo passo em frente para reduzir a carga de pneumonia, as seguintes questões devem ser abordadas:
1) novas abordagens laboratoriais devem ser desenvolvidas para que sejam capazes de identificar rapidamente o micróbio causador da pneumonia, de modo a que os médicos possam selecionar mais precisamente os antimicrobianos para o tratamento desta doença;; 
2) antibióticos eficazes devem ser desenvolvidos contra micróbios para os quais não existem atualmente antibióticos disponíveis; e
3) as vacinas existentes precisam ser melhoradas e novas vacinas devem ser desenvolvidas.

No entanto, as vacinas não podem ser desenvolvidas contra cada micróbio. Micróbios velhos mudam continuamente e novos surgem. Novos antibióticos por si só não serão suficientes porque os micróbios desenvolvem resistência aos antibióticos. Um esforço investigativo substancial deve ser montado para melhorar a compreensão da imunidade do pulmão, como ele funciona para tratar várias infeções, como ele é influenciado por fatores do hospedeiro comuns, e como ele pode ser manipulado para ganho terapêutico. Para complementar os antibióticos, é necessária uma série de estratégias de imunoestimulantes que possam ser aplicadas de forma inteligente em diferentes tipos de pacientes. Substâncias que estimulam a imunidade, também podem ser utilizadas para intensificar a resposta do corpo à vacinação.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL